Curta os Brasileiros

mostra competitiva de curtas

01. Amanhecendo Cicatrizes. Dir. Juarez Braga Zamberlan. Documentário, BR. 2020. 15′. 14 anos

Antônio Alberi Maffi continua jovem e idealista. É mais um sobrevivente. Resiste. Insiste. Não se entrega. As marcas causadas pela ditadura militar brasileira não se apagaram de sua memória. Pelo contrário, voltam ao presente através da democracia pelo que tanto ele lutou. Ainda sonha com o Brasil mais justo. Na poesia encontra conforto. Na vida, ainda espera justiça.

02. Coisas que perdi no meio do caminho. Dir. Ciro Cavalcante. Experimental/Drama. BR, 2020. 02’06” . 14 anos

Coisas que perdi pelo caminho é um curta metragem experimental que utiliza imagens de arquivo captadas durante um relacionamento passado do diretor. É um filme sobre dor e sobre amor, sobre aceitação e abnegação.

03. Dia de Solteira Dir. Ju Maldonado e a Maria. Ficção/Drama Social. Brazil, 2020. 17’44” . 14 anos

Rio de Janeiro, quarta-feira de cinzas. Ela caminha pelas ruas sem se dar conta que a cidade já voltava ao normal.

04. Nimbus. Dir. Marcos Buccini. Animação. Brazil, 2020. 11’18”. Livre.

Em uma terra árida e quase morta, um homem acende uma vela e reza. Uma tempestade começa a surgir. Nimbus é uma fábula sobre fé, religião e o poder da natureza.

  1. Rua Augusta, 1029 . Dir. Mirrah Iañez da Silva. Ficção. SP. 2019. 11′. 12 anos

Num local estratégico do centro de São Paulo, um conjunto de famílias de trabalhadores e trabalhadoras em luta por moradia digna ocupa um imóvel vazio e destituído de uso social. Se essa luta coletiva e a resistência para sustentá-la aparecem em plano destacado, seu enlace com as relações familiares cultivadas entre os ocupantes traz uma dimensão afetiva ao processo, nutrindo ainda mais a pedagogia (social, militante, imagética) de que o filme já se mostrava portado

  1. Alcateia. Dir. Carolina Castilho. Ficção. SP. 2020. 18 min. 12 anos.

Mulheres que correm umas com as outras. Curta-metragem livremente inspirado pelo livro Mulheres Que Correm Com os Lobos, de Clarissa Pínkola Estés.

(espanhol)

Mujeres que corren juntas. Cortometraje inspirado libremente en el libro “Mujeres Que Corren Con Lobos”, de Clarissa Pínkola Estés.

  1. Ela que mora no andar de cima. Dir. Amarildo Martins. Ficção. BR. 2020. 14′. 14 anos

Luzia vira “cobaia” dos doces e quitutes da vizinha confeiteira, Carmem. A amizade evolui para uma paixão platônica, que traz um novo sabor para os dias amargos de Luzia.

(Español) Luzia se convierte en conejillo de indias de su vecina pastelera, Carmem. La amistad evoluciona para una pasión platónica, que trae un nuevo sabor para los días amargos de Luzia.

  1. Noite de Seresta. Dir. Muniz Filho. Ficção. CE. 2020. 19′. 14 anos

Hoje é sexta-feira, final de semana vou sair para cantar.

Espanhol) hoy es viernes, el fin de semana salgo a cantar.
  1. Porta-Retrato. Dir. Eduardo Ferreira. Documentário. SP. 2020.16′. 12 anos

Quais os medos, anseios e consequências para um jovem LGBTQ+ ao “sair do armário”? O documentário “Porta Retrato” resgata esse momento tão delicado na vida da cantora Maria Sil, do estudante Georg

(espanhol) ¿Cuáles son los miedos, ansiedades y consecuencias para un joven LGBTQ + cuando “sale del armario”? El documental “Porta Portrait” rescata este delicado momento en la vida de la cantante Maria Sil, del estudiante Georg

10. As Viajantes. Dir. Davi Melo. Ficção. SP. 2019. 11′. 14 anos.

Numa sexta à noite, duas atrizes compartilham seus medos

Un viernes por la noche, dos actrices comparten sus miedos

11. A menina com um buraco na mão. Dir. Alice Cruz Ferreira da Silva e Sérgio Kauffmann. Animação. RJ. 10′. Livre

De tanto deixar as coisas caírem, a menina ouve de sua avó: Menina, parece que você tem a mão furada! O buraco na mão, então, se tornou real e enorme. Enquanto as coisas continuam caindo pelo buraco profundo - ela jura que são as coisas que se jogam na frente dela, sem explicações - a menina busca respostas sobre a sua existência na ancestralidade e no tempo que gasta junto com as coisas do mundo. 
Espanhol) Después de dejar caer tantas cosas, la niña escucha de su abuela: Niña, ¡parece que tienes un agujero en la mano! El agujero en la mano se volvió real y enorme. Mientras las cosas continúan cayendo por el agujero profundo - ella jura que son las cosas que se le arrojan frente a ella, sin explicación - la niña busca respuestas sobre su existencia en la ascendencia y el tiempo que pasa con las cosas del mundo. 

12. Conexões. Dir. Rafael Jardim, Ficção. RJ. 2019. 11′. 14 anos.

João amava Teresa que amava Raimundo que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili que não amava ninguém.? (Carlos Drummond de Andrade). Casais discutem suas relações entrelaçadas pelos planos de um deles.

(Español) Las parejas discuten sus relaciones entrelazadas por los planes de uno de ellos.

13.Sobre nossas cabeças. Dir. Susan Kalik. Ficção. BA. 2020. 15′. 10 anos.

Cícero perdeu seu irmão para o ódio racial. Agora, seu cunhado quer salvá-lo do mesmo destino, levando-o a força para outro lugar.

Español Cicero perdió a su hermano por odio racial. Ahora, su cuñado quiere salvarlo del mismo destino, llevándolo por la fuerza a otro lugar.

14. Foguete. Dir. Pedro Henrique Chaves. Ficção. DF. 2020. 15′. Livre.

No coração da cidade, um brinquedo atrai milhares de pessoas e une diferentes gerações. O desafio de subir e descer o foguete encanta pai e filho que brincaram no mesmo lugar e guardam segredos nunca revelados. É preciso ter coragem.

(Español) En el corazón de la ciudad, un juguete atrae a millones de personas y une a diferentes generaciones. El desafío de subir y bajar el cohete encanta a padre e hijo que jugaran en el mismo lugar y mantienen secretos nunca revelados. Es necesario tener coraje.

15. Colmeia. Dir. Maurício Chades. Ficção. DF. 2021. 15′. 14 anos

Faz poucas horas que Huri saiu da COLMEIA, presídio feminino de Brasília. Ela encontra com um amigo cineasta e pede que ele grave as histórias que tem para contar, relatos do cárcere e do crime que cometeu. Depois da prisão, o mundo parece mais bagunçado do que nunca, então Huri decide tirar cartas de tarot que devem guiar a humanidade na construção de uma nova sociedade.

Hace unas horas Huri salió de la cárcel y quiere leer el tarot a la humanidad. COLMEIA es un cortometraje realizado en el contexto de la pandemia, que surgió cuando Huri, actriz y coguionista, decidió probar probar la verosimilitud de un informe falso con Maurício, entonces director

16. Luis Humberto: o olhar possível. Dir. Rafael Lobo. Documentário. DF. 2020. 20′. Livre.

Um olhar poético e íntimo sobre a vida e o trabalho do fotógrafo Luis Humberto.

Español Una mirada poética e íntima a la vida y obra del fotógrafo Luis Humberto.

17. Imagens de um sonho. Dir.Leandro Olimpio. Documentario. SP. 2019. 20′. Livre.

Composto de vídeos publicados no Youtube por terceirizados da Petrobras, o filme explora um capítulo importante do país através de fragmentos da vida operária dentro e fora da fábrica. Com suas próprias mãos, a classe trabalhadora registra – ao longo de uma década (2008-2018) – as alegrias e dissabores de sua jornada.

(espanhol) Compuesta de videos publicados en YouTube por contratistas de Petrobras, la película explora un capítulo importante del Brasil através de fragmentos de la vida laboral dentro y fuera de las fábricas. Con sus propias manos, la clase trabajadora registra, durante una década (2008-2018), las alegrías y decepciones de su viaje.

18. Vai melhorar. Dir. Pedro Fiuza. Ficção. RN. 2020. 17′. 12 anos

Nos bastidores de uma campanha política para prefeito a apresentadora Luísa sofre com a difícil convivência entre os colegas de trabalho. É a última semana antes do primeiro turno e Luísa, longe de sua cidade e sua família, descobre um escândalo que pode comprometer toda a eleição. Agora ela precisa decidir não só o seu destino, mas o de uma cidade inteira.

19. À beira do planeta mainha soprou a gente. Dirs. Bruna Barros e Bruna Castro. Documentário. BA. 2020.13’18”. 12 anos.

Através de imagens de arquivo pessoal e reflexões sobre as ambivalências que às vezes se imprimem em relações cheias de amor, “à beira do planeta mainha soprou a gente” apresenta recortes de afeto entre duas sapatonas e suas mães.

En español: Por medio de imágenes de archivo personal y reflexiones sobre las ambivalencias que a veces se imprimen en relaciones llenas de amor, “a la orilla del planeta mamá nos sopló” presenta momentos de afecto entre dos zapatonas y sus madres.

20. A Volta. Dir. Flavio Langoni. Ficção. BR. 2020. 9′. 12 anos

Um cientista tem que apostar sua vida para provar que nem sempre é no futuro que encontramos nosso destino.

21.Cão Maior. Dir. Filipe Alves. Ficção. DF. 2019. 20′. 12 anos.

Canis Majoris es un cortometraje de ciencia ficción sobre el afecto y la adolescencia, que se desarrolla en las ciudades periféricas del Distrito Federal, en Brasil. Ícaro es un adolescente brasileño que intenta ocupar su tiempo para matar el aburrimiento en las vacaciones. Durante las vacaciones de verano, al regresar de un partido de fútbol, conoce a João. Juntos son testigos de la aparición de una nueva estrella en el cielo, lo que hace que las noches en la Tierra sean rojas y calientes. Intentando sobrellevar el hecho de que están creciendo, con el tedio y el calor extra de este verano, Ícaro y João comienzan a pasar las noches juntos en las calles de la ciudad y descubren que, además de la estrella, algo está emergiendo entre ellos.

22. Me falta tempo para celebrar teus cabelos . Dir. Daniel Zacariotti. Ficção. SP. 2020.19′. 18 anos.

Dois pólos de um mesmo amor, um início rápido e intenso em oposição a um fim frio e vagaroso. Rafa e Lena experienciam as belezas, incertezas e descobertas de um novo amor. Murilo e Rodrigo descobrem o vazio que pode existir em um abraço. O curta “Me Falta Tempo para Celebrar Teus Cabelos” acompanha os dois casais em novas descobertas de emoções, de toques e esvaziamento de sentimentos. Quando um amor é suficiente? E como esse amor pode ser suficiente?

(espanhol) Dos polos del mismo amor, un comienzo rápido e intenso en lugar de un final frío y lento. Rafa y Lena experimentan las bellezas, incertidumbres y descubrimientos de un nuevo amor. Murilo y Rodrigo descubren el vacío que puede existir en un abrazo. El breve “Me Falta Tiempo para Celebrar Tus Cabellos” acompaña a las dos parejas en nuevos descubrimientos de emociones, sentimientos conmovedores y vacíos. ¿Cuándo es suficiente un amor? ¿Y cómo puede ser suficiente ese amor?

23. Papinha de Goiaba . Tiago Fonseca. Ficção. SP. 2020. 15′. 14 anos.

Un cuento de hadas sobre la homofobia infantil

24. Distopia. Dir. Lilih Curi. Ficção. BA. 2020. 10’38”. 14 anos

Esta noite pode ser uma eternidade para Lúcio. O relacionamento com o seu pai está impregnado de lembranças terríveis.

  1. 107. Pedro Ladeira. Documentário. DF. 2020. 13′. 12 anos

A aceitação da morte, o medo da pandemia e a necessidade de estar perto são dilemas colocados nesse autorreferencial, quando a piora na saúde de um avô centenário faz seu neto viajar atrás de respostas.